HarmonyOS, o novo sistema operacional desenvolvido pela Huawei.

Para saber mais: A Huawei continuará atualizando seus telefones mesmo depois de perder sua licença temporária

Até hoje, já testemunhamos o HarmonyOS 2.0, uma segunda versão desse sistema operacional que já oferece um kit oficial de desenvolvimento para diferentes plataformas, incluindo relógios inteligentes ou televisores. Mas a versão móvel deve chegar em dezembro de 2020.

Quais são as diferenças entre HarmonyOS e Android?

Embora ambos sejam sistemas operacionais e a forma de usá-los nos telefones não seja muito diferente, existem muitas diferenças entre as duas plataformas. Hoje, queremos analisar os mais importantes que conhecemos.

A interface é diferente no HarmonyOS?

Claro, existem alguns diferenças entre os dois sistemas operacionais, que detalharemos neste artigo. Mas e quanto à interface do usuário?

Se a ideia da Huawei é que esse sistema operacional esteja presente em milhões de dispositivos, de pessoas que se acostumaram a usar o Android, a empresa tem que trabalhar para tornar a transição o mais suave possível.

Quais são as diferenças entre HarmonyOS e Android?  1

E é por isso que, embora o sistema operacional base vai trocar, o HarmonyOS continuará a usar a camada EMUI, para que os menus, configurações e aplicativos aos quais os usuários móveis da Huawei estão acostumados no Android, estão presentes assim que seus smartphones forem atualizados para EMUI 11 HarmonyOS.

O mesmo acontecerá com aplicativos de terceiros. Graças a Compilador ARK, os programadores acharão muito mais fácil para transferir aplicativos Android para HarmonyOS, dando aos usuários a capacidade de continuar a usá-los, independentemente do smartphone que estiverem usando.

Principais diferenças entre HarmonyOS e Android

Android e HarmonyOS são semelhantes em vários aspectos, como o fato de serem sistemas operacionais multiplataforma ou foram criados por duas das empresas mais importantes da área de tecnologia da informação e eletrônica. Mas a verdade é que são duas plataformas muito diferentes.

Quais são as diferenças entre HarmonyOS e Android?  dois

Se compararmos as bases dos dois sistemas – levando em consideração, é claro, que a documentação do HarmonyOS ainda não está completa, e há muito o que saber sobre a plataforma Huawei – podemos destacar as seguintes diferenças:

Kernel de Linux vs Microkernel

Se você já usa o Android há muito tempo ou acompanha de perto o desenvolvimento da plataforma do Google, provavelmente está familiarizado com o fato de que Android é baseado no kernel Linux –Ou, melhor, em uma versão adaptada, embora o Google queira mudar isso no médio prazo.

E isso é precisamente o principal diferença entre HarmonyOS e Android: ou sistema operacional da Huawei não é baseado no kernel Linux, a empresa desenvolveu seu o próprio microkernel.

Quando falamos sobre um microkernel, queremos dizer um kernel, geralmente muito menos complexo – HarmonyOS tem cerca de 1/1000 da quantidade de código presente no kernel do Linux – capaz de descentralizar bugs para que um bug em um componente do sistema não se espalhe por todo o sistema. Além disso, facilita o processo de criação e depuração de drivers.

Harmony OS

Uma de suas vantagens é a maior portabilidade entre diferentes tipos de dispositivos, algo fundamental, tendo em vista que a Huawei aspira usar HarmonyOS em toda a extensão de seu catálogo de produtos.

O fato de utilizar um microkernel também implica que a comunicação entre os processos seja muito mais rápida do que outras plataformas, ou seja, a alocação de recursos em tempo real. Portanto, espera-se queDispositivos baseados em HarmonyOS têm melhor desempenho.

A Huawei, aliás, não é a única que resolveu apostar em um microkernel: o próprio Google EUA um microkernel proprietário em seu sistema operacional Fuchsia, que aparentemente poderia substituir o Android em um futuro não muito distante.

Sem ROOT

Há quem escolha Android devido à facilidade de manipulação oferecida pelo sistema operacional do Google.

Afinal, poucos sistemas operacionais são modificados tão facilmente por meio de técnicas como ter permissões de root ou a possibilidade de instalar ROMs de terceiros que mudam completamente a experiência com o sistema operacional.

Mas isso será muito diferente no HarmonyOS. A própria Huawei confirmou que em seu sistema operacional não será possível realizar Fuga de presos, têm permissões de root ou semelhantes, argumentando que esses tipos de técnicas ameaçam a segurança da plataforma.

Mais velocidade

Embora não haja nenhuma evidência para provar isso, e tudo que sabemos até agora é baseado na documentação que existe sobre o HarmonyOS, tudo aponta para o fato de que O sistema operacional da Huawei será mais rápido que o Android.

Isso porque a empresa aposta na técnica de sistema operacional distribuído, que se baseia no uso de agendamento de tarefas e gerenciamento de dados de forma distribuída para melhorar o desempenho do sistema.

Huawei explica a este respeito que, Android usa muito código desatualizado, sistema de agendamento de tarefas desatualizado e tem problemas de fragmentação, o HarmonyOS pode entregar uma experiência mais rápida.

Para tal, a empresa utiliza um mecanismo denominado “Deterministic Latency Engine”, que analisa em tempo real as características de cada aplicação para alocar os recursos do sistema da forma mais eficiente possível. Em números, deve ser um Tempo de resposta 25,7% e uma melhoria de 55,6% no jitter de latência.

HarmonyOS

Alguns dos dispositivos nos quais o HarmonyOS estaria disponível.

Quando podemos experimentar o HarmonyOS?

Agora isso diferenças entre HarmonyOS e Android já foram esclarecidos, é justo querer sabere será possível testar o novo sistema operacional da Huawei.

A empresa chinesa está um pouco relutante em especificar datas para a chegada de seu novo sistema operacional. No entanto, sabemos que Dezembro de 2020 pode ser o mês em que a Huawei permitirá a possibilidade de instale HarmonyOS nos primeiros telefones compatíveis, ou seja, o Huawei Mate 40 Pro é o primeiro sortudo.

By Carlos Jorge

"Proud coffee expert. Webaholic. Zombie guru. Introvert. Avid beer aficionado. Analyst. Total TV practitioner. Award-winning foodie. Student."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *