As autoridades espanholas vão pedir a covid-19 para testes negativos a qualquer pessoa que viaje de Portugal. A Espanha ampliou a lista de países em risco, anunciou o Ministério da Saúde nesta quarta-feira. A medida, destinada aos que viajam ao país por via aérea, entrará em vigor no dia 23 de novembro.

Será seguido o mapa elaborado pelo Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças (ECDC), que avalia o risco de transmissão de covid-19 nos vários países. Segundo dados desta instituição, apenas Noruega, Finlândia e Grécia escapam à classificação de alto risco no Espaço Schengen. Ao PÚBLICO, uma fonte do Ministério dos Negócios Estrangeiros explicou que “confirmou às autoridades espanholas que a nova regra não se aplica à fronteira terrestre”.

Passageiros de outros países terão que se submeter a um teste de covid-19, com resultado negativo, realizado 72 horas antes da partida.

Portugal registou esta quarta-feira mais 82 mortes (o maior aumento de sempre) e 4.935 novos casos de covid-19. No total, desde março, foram registrados 3.103 mortes e 192.172 casos de infecção.

O O país escreve que a decisão anunciada esta quarta-feira pelo Governo espanhol estava sendo planejado desde o verão. Em declarações ao jornal diário, Pedro Gullón, da Sociedade Espanhola de Epidemiologia, afirma que esta medida não garante que uma pessoa que está a “incubar o vírus” o propague no seu destino, neste caso território espanhol. “Seria mais útil se, além de um teste negativo, fosse imposta uma quarentena de dez dias”, defende Pedro Gullón.

Portugal exige apenas a prova de um teste negativo de pessoas que chegam de um país fora do Espaço Schengen. Caso não possua este documento, o passageiro deverá realizar um teste na chegada ao aeroporto.

Se os passageiros forem de nacionalidade portuguesa ou residirem em Portugal, não são obrigados a fazer o teste no aeroporto, tendo o prazo de 48 horas para a realização de um exame.

By Carlos Henrique

"Introvertido amigável. Estudante. Guru amador de mídia social. Especialista em Internet. Ávido encrenqueiro."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *