Sérgio Conceição usa uma estatística para desvalorizar outra. O Tondela, próximo adversário do FC Porto, marcou apenas seis golos nas primeiras oito jornadas do campeonato.

O treinador do guarda-redes responde com as bolas que a equipa de Pako Ayestarán acertou na trave e nos travessões.

“É verdade que o Tondela não fez muitos golos, mas são as equipas, juntamente com o FC Porto, que têm mais bolas nos ferros. Isso, por si só, significa que tiveram alguma sorte e espero que continue amanhã [sábado]”, deseja o treinador, em relação à Beira.

Pako Ayestarán e FC Porto.

Sérgio espera que uma equipe jogue o que considera um futebol “positivo”. “O Tondela gosta de jogar e temos que ser uma boa equipa para vencer”, frisa.

Corona em dúvida

O Pako Ayestarán tem utilizado, preferencialmente, um sistema com três centrais, mas o treinador do FC Porto espera saber quais serão os 11 titulares do adversário para perceber que dinâmica irá desenvolver.

Sobre suas escolhas, Sérgio revela que vai convocar Jesús Corona, mas ainda não sabe se o mexicano, que se lesionou no jogo contra o Manchester City, estará disponível para o jogo.

FC Porto.  Corona com contusão na perna esquerda

Além disso, você terá que “olhar para o desgaste dos jogadores”. O treinador deu o exemplo de Luis Diaz, que foi suplente na Liga dos Campeões, por ser um jogador de risco, do ponto de vista físico.

Pepe, Marcano e Mbaye, é verdade, não estarão aptos para o jogo. Loum, se recuperando de Covid-19, também está baixo. Grujic falhou o jogo com o City, estando suspenso nas competições europeias, está de volta às opções.

O FC Porto-Tondela, a contar para a 9ª jornada do campeonato, está agendado para este sábado, a partir das 20h30. O jogo é relatado em Renascimento e acompanhamento ao minuto rr.sapo.pt.

By Carlos Henrique

"Introvertido amigável. Estudante. Guru amador de mídia social. Especialista em Internet. Ávido encrenqueiro."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *