Robôs autônomos podem colher até 25.000 framboesas por dia

A Fieldwork Robotics, uma spin-off da Universidade de Plymouth, implantou comercialmente seus robôs de colheita de framboesa em dois locais em Portugal.

Os robôs autônomos têm quatro braços de coleta e usam tecnologia de sensores e garras para encurtar os tempos de colheita e reduzir o deslizamento.

O trabalho de campo agora está trabalhando para acelerar a velocidade de colheita dos robôs, com o objetivo de cada robô coletar 4 quilos de frutas por hora, ou mais de 25.000 framboesas em um dia. Isso é comparado à taxa média de retirada humana de 15.000 em um dia de trabalho padrão de oito horas. A equipe também está trabalhando para reduzir o custo do projeto, ajustando os materiais usados ​​para os robôs de acordo. www.iotworldtoday.com

A Fieldwork foi fundada em 2016 para desenvolver e comercializar robôs autônomos para preencher lacunas de produtividade e trabalhar lado a lado com humanos. Como a população mundial deve crescer nos próximos anos, a linha de produtos do grupo visa resolver o problema da crescente demanda por alimentos, que atualmente compete com a escassez de terra e mão de obra.

“Só o Reino Unido está enfrentando escassez de cerca de 90.000 colheitadeiras e isso pode afetar a disponibilidade de alimentos”, disse o diretor e CEO Rui Andres. “Nosso objetivo sempre foi ajudar os produtores a colher tudo o que produzem, reduzir o desperdício ao mínimo absoluto e garantir que possam operar de forma sustentável.”

O grupo tem atualmente dois tipos de robôs em comercialização; uma colheitadeira vertical ajustável que pode ser adaptada a uma variedade de culturas frutíferas e uma plataforma horizontal que pode ser usada em vários ambientes agrícolas sem supervisão humana. Usando IA, esses robôs podem avaliar a maturidade de plantas frutíferas e vegetais e determinar quando colher.

By Carlos Jorge

"Proud coffee expert. Webaholic. Zombie guru. Introvert. Avid beer aficionado. Analyst. Total TV practitioner. Award-winning foodie. Student."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *