De acordo com o jornal oficial Global Times, as autoridades esperam concluir esta campanha de vacinação antes do final deste ano.

Sichuan declarou, nos últimos dias, o estado de alarme, reservado para tempos de guerra, e ordenou a realização de testes em massa em um dos bairros da cidade, após detectar uma cadeia de transmissão do vírus de origem ainda desconhecida.

Os primeiros a receber a vacina serão trabalhadores de saúde, professores, estivadores, estudantes ou funcionários que tenham que viajar para o exterior, explicou o número dois da equipe de Sichuan encarregada de combater a pandemia, Luan Rongsheng.

A partir do início de 2021, outros grupos, como idosos ou portadores de doenças crônicas, começarão a ser vacinados.

Segundo Luan, a vacinação da população em geral começará em fevereiro, após o Ano Novo Chinês, mas vai depender de quantas vacinas estiverem disponíveis. O responsável considerou que assim que a taxa de vacinação ultrapassar os 80%, dificilmente o vírus reaparecerá.

Embora as autoridades não tenham confirmado oficialmente esta informação, o jornal Sichuan Daily observou que vacinas inativadas à base de vírus serão usadas e que seu preço será fixado em 400 yuans (50 euros).

A vacinação será feita em duas doses inoculadas em intervalos entre 14 e 28 dias.

As condições seriam idênticas às estabelecidas em algumas cidades da província de Zhejiang, na costa leste da China, onde a vacina começou a ser administrada a pessoas em grupos de alto risco em outubro passado.

A China ainda não licenciou nenhuma vacina candidata para comercialização, embora no final de julho tenha aprovado seu uso em alguns casos considerados urgentes.

No entanto, o Conselho de Estado (executivo) anunciou que aprovará a comercialização de 600 milhões de doses de vacinas contra o coronavírus – quatro delas já em última fase de testes – até o final de 2020.

By Carlos Eduardo

"Fã de música. Geek de cerveja. Amante da web. Cai muito. Nerd de café. Viciado em viagens."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *