Pesquisadores tentam encontrar raízes genéticas da doença de Alzheimer em português

Investigadores portugueses do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) e do Instituto Van Andel, dos Estados Unidos da América (EUA), procuram encontrar as raízes genéticas da doença de Alzheimer na população portuguesa.

“Estamos a realizar um estudo sobre os factores de risco genéticos para a doença de Alzheimer em Portugal, na esperança de contribuir para um melhor conhecimento da doença e, no futuro, um tratamento melhor e mais personalizado aos nossos doentes”, explica Dr. Miguel Tábuas Pereira e a Profa. Dra. Isabel Santana, neurologistas do Serviço de Neurologia do CHUC.

Este ano, em colaboração com os dois investigadores do CHUC, a Prof. Doutora Rita Guerreiro e o Prof. Doutor José Brás, do Instituto Van Andel, receberam uma bolsa de cinco anos e uma bolsa de 3,7 milhões de USD (US $) do Instituto Nacional sobre o Envelhecimento (integrado no Instituto Nacional de Saúde), para estudar a predisposição genética para a doença de Alzheimer na população portuguesa.

O CHUC salienta que este é o “primeiro estudo do género” em Portugal e também “o maior, com um total de 25 famílias, 2.500 casos esporádicos de Alzheimer e 2.500 controlos previstos para serem estudados no decorrer do projecto”.

As amostras serão recolhidas em colaboração com os investigadores Dr. Miguel Tábuas Pereira e Prof. Doutora Isabel Santana e depois, em conjunto, “os investigadores irão identificar variantes comuns e raras associadas ao risco genético da doença de Alzheimer, mapeando e analisando o genoma de uma amostra da população portuguesa ”, acrescenta.

O CHUC explica que “estes dados serão combinados com dados genómicos publicamente disponíveis de populações não portuguesas para aumentar a diversidade e o poder estatístico dos estudos internacionais em curso”.

Fonte: Lusa

By Gabriel Ana

"Passionate student. Twitter nerd. Avid bacon addict. Typical troublemaker. Thinker. Webaholic. Entrepreneur."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *