A pandemia covid-19 matou pelo menos 1.381.915 pessoas em todo o mundo desde o início da doença na China foi relatado no final de dezembro de 2019, de acordo com um balanço da AFP hoje, de fontes oficiais.

O balanço da France Press Agency (AFP) até hoje, às 11h, contabiliza mais de 58.165.460 casos da infecção no mundo, oficialmente diagnosticados desde o início da disseminação – que a Organização Mundial da Saúde (OMS) passou a assumir como um pandemia – e destas, pelo menos 37.053.500 já são consideradas curadas.

O número de casos diagnosticados, entretanto, reflete apenas uma fração do número real de infecções. Alguns países testam apenas os casos graves, outros priorizam o teste para triagem e muitos países pobres têm capacidade limitada de teste.

No sábado, 9.021 novas mortes e 580.396 novos casos foram registrados em todo o mundo. Os países responsáveis ​​pelo maior número de novas mortes em seus relatórios mais recentes foram os Estados Unidos da América (EUA) com 1.503 novas mortes, Itália (692) e México (550).

Os Estados Unidos são o país mais afetado em mortes e infecções, com 255.905 mortes e 12.090.469 casos, de acordo com a contagem da Universidade Johns Hopkins. Pelo menos 4.529.700 pessoas foram declaradas curadas.

Depois dos EUA, os países mais afetados são Brasil (168.989 mortes e 6.052.786 casos), Índia (133.227 mortes e 9.095.806 infecções, México (101.373 mortes e 1.032.688 casos) e Reino Unido (54.626 mortes) e 1.493.383 casos).

Entre os países mais afetados, a Bélgica é o que apresenta o maior número de óbitos em relação à sua população, com 134 óbitos por 100.000 habitantes, seguida do Peru (108), Espanha (91) e Argentina (82).

A China (excluindo os territórios de Hong Kong e Macau) foi oficialmente responsável por um total de 86.431 casos (17 novos entre sábado e domingo), incluindo 4.634 mortes e 81.481 recuperações.

Às 11:00 GMT de hoje, a América Latina e o Caribe totalizaram 433.865 mortes e 12.431.882 casos, Europa 369.144 mortes e 16.253.491 casos e os EUA e Canadá totalizaram 267.302 mortes e 12.414.386 casos, Ásia 187.681 mortes e 11.869.395 infecções, Oriente Médio 73.549 mortes e 3.106.525 casos, África 49.433 mortes e 2.059.651 infecções e Oceania 941 mortes e 30.131 casos.

Esta avaliação foi realizada com base em dados recolhidos pelas delegações da AFP junto das autoridades nacionais competentes e em informações da OMS. Devido a correções feitas pelas autoridades ou divulgação tardia de dados, os números do aumento de 24 horas podem não corresponder exatamente aos publicados no dia anterior.

By Carlos Eduardo

"Fã de música. Geek de cerveja. Amante da web. Cai muito. Nerd de café. Viciado em viagens."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *