Em um mar agitado com ondas de 4 metros de altura, os últimos adversários de Ítalo Ferreira e Gabriel Medina no Pipe Masters foram definidos na noite de terça-feira. O havaiano Josh Moniz e o peruano Miguel Tudela venceram as eliminatórias contra outros 32 sufis e estão na luta principal da primeira mão da temporada de 2021, que começa nesta quarta-feira, no Havaí, a partir das 15h (horário de Brasília).

Irmão do elitista Seth Moniz, Josh entrará na bateria de Medina e Adriano de Souza Mineirinho. Miguel enfrentará Italo e o sul-africano Matthew McGillivray.

Com dois tubos para Pipeline, Josh marcou duas vezes a maior pontuação na final (9,60) e em todo o campeonato e venceu a partida com um total de 19,20. O peruano Miguel Tudela ficou em segundo lugar, com 13,10. Os havaianos Eala Stewart (12,50) e Ian Gentil (6,10) conquistaram a terceira e a quarta posições na final, respectivamente.

Josh Muniz fez duas notas 9,60 na final para vencer as seletivas – Foto: WSL / Bielmann

– Foi provavelmente a melhor bateria que já fiz na minha vida. Eu cresci surfando com todos esses caras e sabia que seria muito difícil. Sempre sonhei em lutar o Pipe Masters e poderei surfar com meu irmão aqui – comemorou Josh.

Com a previsão de boas ondas para esta quarta-feira, a probabilidade de o evento começar já é grande. Além dos campeões mundiais Ítalo, Medina e Mineirinho, o Brasil terá mais 8 representantes nesta quarta-feira: Filipe Toledo, Caio Ibelli, Yago Dora, Peterson Crisanto, Miguel Pupo, Alex Ribeiro, Jadson André e Deivid Silva.

Leo Fioravanti 1 x 1 Mickey Wright devido a lesão

Paralelamente à disputa de exibição, o italiano Leonardo Fioravanti e o australiano Mikey Wright entraram no mar duas vezes nesta terça-feira para se enfrentarem. Eles disputam uma série melhor de 3 baterias para a última onda de contusões que a World Surfing League (WSL) reservou para esta temporada.

Como cada um deles venceu uma bateria na última terça-feira, a decisão foi adiada para o próximo dia de competição. O vencedor da série terá vaga garantida em todos os eventos da turnê 2021.

Os dois surfistas já estão garantidos na luta principal do Pipe Masters porque houve desistência de última hora. Owen Wright, irmão mais velho de Mikey, não virá ao Havaí para a primeira corrida do ano porque será pai pela segunda vez.

Depois de perder a primeira bateria em décimos, Fioravanti conseguiu empatar no 2º duelo em Pipe – Foto: WSL / Brent

Confira as baterias da primeira rodada no Pipeline:

1- Kanoa Igarashi (JPN), Peterson Crisanto (BRA), Morgan Cibilic (AUS)
2 – Kolohe Andino (EUA), Yago Dora (BRA), Mikey Wright (AUS)
3 – Filipe Toledo (BRA), Frederico Morais (PRT), Leonardo Fioravanti (ITA)
4 – Jordy Smith (AFR), Jadson André (BRA), Sebastian Zietz (HAV)
5 – Gabriel Medina (BRA), Adriano de Souza (BRA), Josh Muniz (HAV)
6 – Ítalo Ferreira (BRA), Matthew McGillivray (AFR), Miguel Tudela (PER)
7 – John John Florence (HAV), Conner Coffin (EUA), Deivid Silva (BRA)
8 – Kelly Slater (EUA), Wade Carmichael (AUS), Connor O’Leary (AUS)
9 – Jeremy Flores (FRA), Caio Ibelli (BRA), Ethan Ewing (AUS)
10 – Julian Wilson (AUS), Griffin Colapinto (EUA), Miguel Pupo (BRA)
11 – Seth Moniz (HAV), Ryan Callinan (AUS), Alex Ribeiro (BRA)
12 – Michel Bourez (TAH), Jack Freestone (AUS), Jack Robinson (AUS)

By Patricia Joca

"Professional troublemaker. Friend to animals everywhere. Social media expert. Dedicated analyst. Amateur entrepreneur."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *