Os presidentes do Município da Ribeira Grande e da Junta de Freguesia de Rabo de Peixe elogiaram esta segunda-feira a responsabilidade da população daquela freguesia, após sete mil residentes foram testados voluntariamente na Covid-19.

Gostaria de agradecer sinceramente ao povo desta aldeia, o que me deixou extremamente orgulhoso. Foi um exemplo de cidadania, um exemplo de grande responsabilidade social ”, declarou o presidente da Junta de Freguesia, Jaime Vieira, referindo-se ao voluntarismo dos cidadãos a serem testados.

O autarca falava em conferência de imprensa realizada na sede da Junta de Freguesia de Rabo de Peixe, onde esteve acompanhado pelo autarca da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio. Ambos fizeram um balanço da operação de teste populacional, que detectou 119 casos positivos de Covid-19 naquela vila de pescadores, que possui cerca sanitária desde 3 de dezembro.

Jaime Vieira destacou que “Muito do que se fala” sobre Rabo de Peixe “não é verdade” e considerado o surgimento de 119 casos no contexto de testes em massa é uma “pequena vitória”.

Os números apresentados de 119 casos positivos em 7 mil pessoas são, em nossa opinião, uma pequena vitória. Uma pequena vitória porque não podemos esquecer que são provas em massa, todos saíram e havia muita gente assintomática ”, disse.

O presidente do conselho frisou que os testes “foi apenas a primeira fase de funcionamento”, alertando para a necessidade de a população continuar a cumprir as normas de segurança. Jaime Vieira disse que o conselho que presidirá será implementar um “escritório de suporte Covid-19”, que contará com “diversos elementos profissionais” da área da saúde.

Por seu turno, o autarca da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio, sublinhou que o autarquia assumiu o “apoio financeiro e logístico” da operação e disse que estava “orgulhoso” dos tail-peixenses.

Ele disse antes da operação que esta era uma oportunidade para a aldeia demonstrar o que vale a pena. Já sabíamos o que valia esta aldeia e acho que ficou demonstrado para os mais cépticos que se trata de gente muito capaz ”, declarou.

A cerca sanitária de Rabo de Peixe, em vigor desde o dia 3, foi esta segunda-feira prorrogada até ao dia 13, resultado do “alto potencial para transmissão ativa na comunidade”Da Covid-19 naquela freguesia do concelho da Ribeira Grande, anunciou o Governo Regional.

Covid19. Vedação sanitária em Rabo de Peixe prolongada até dia 13

Alexandre Gaudêncio disse concordar com a prorrogação da medida, frisando que, nos “próximos dias”, entre “1500 a 2000” pessoas serão testadas, considerados “contatos próximos de alto risco de casos positivos”. O autarca da Ribeira Grande adiantou que vai começar a funcionar no parque de estacionamento do Rabo de Peixe Estação de testes ‘drive thru’ Covid-19.

Relativamente aos alunos residentes em Rabo de Peixe e a frequentarem escolas fora do concelho, Gaudêncio disse que a secretária regional da Educação, Sofia Ribeiro, disse que estes “os alunos não serão prejudicados na avaliação“.

Jaime Vieira disse também acreditar, “convencido”, que a vedação sanitária não será prolongada para além do próximo domingo.

Não depende de nós, mas tenho convicção de que não será necessário confinar mais, porque também não aguentamos mais confinamento ”, disse o presidente do conselho, referindo-se ao prazo para o levantamento da cerca.

Nas últimas 24 horas, os Açores registaram 22 novos casos de Covid-19, 18 em São Miguel e quatro na Terceira, informou a Autoridade Regional de Saúde.

Boletim DGS. Portugal ultrapassa 5.000 mortes e nunca teve tantas pessoas hospitalizadas

By Carlos Henrique

"Introvertido amigável. Estudante. Guru amador de mídia social. Especialista em Internet. Ávido encrenqueiro."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *