Com o novo valor, o número total de infectados no país desde o início da crise pandêmica sobe para 1.331.984, segundo dados da Agência Francesa de Saúde Pública.

Os mesmos dados indicaram que um total de 36.565 pessoas morreram até o momento em território francês da doença covid-19, incluindo 256 nas últimas 24 horas.

O índice de positividade em exames diagnósticos está agora em 20%, mais do que os 19,4% e 18,6% indicados nos últimos dois dias e bem mais que os 4,5% registrados no início de setembro, indicou a mesma entidade em seu ‘online’ portal.

Nos hospitais franceses, 16.258 pessoas foram hospitalizadas em decorrência do novo coronavírus nos últimos sete dias, das quais 2.401 estão em unidades de terapia intensiva.

As autoridades de saúde francesas indicaram hoje, e sem alterações em relação ao dia anterior, que há 2.448 fontes ativas de contágio sob investigação.

Entre os surtos ativos sob investigação, 649 deles estão em lares de idosos e lares.

Dos 101 departamentos do país, 96 continuam em situação altamente vulnerável.

Diante do agravamento de todos os indicadores relacionados à pandemia e da necessidade de lidar com uma segunda onda da doença covid-19, o presidente da França, Emmanuel Macron, anunciou nesta quarta-feira que o país voltaria a um novo confinamento a uma escala, uma vez que entrou em vigor hoje à meia-noite.

A pandemia da doença covid-19 já causou mais de 1,1 milhão de mortes e mais de 45,1 milhões de casos de infecção em todo o mundo, de acordo com um relatório da agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus (SARS-Cov-2) detectado no final de dezembro de 2019 em Wuhan, uma cidade no centro da China.

By Carlos Eduardo

"Fã de música. Geek de cerveja. Amante da web. Cai muito. Nerd de café. Viciado em viagens."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *