CEO da CERAWEEK-Petrobras se reúne com colegas para discutir futuras parcerias

SÃO PAULO, 8 Mar (Reuters) – O presidente-executivo da Petrobras (PETR4.SA) se reuniu com executivos de outras petroleiras na conferência CERAWeek em Houston para avaliar possíveis parcerias futuras, informou a empresa nesta quarta-feira.

Segundo a Petrobras, Jean Paul Prates discutiu “colaborar na transição energética e implementar novas tecnologias” com executivos da BP (BP.L), Petronas (PETR.KL), TotalEnergies (TTEF.PA) e Equinor (EQNR.OL). ).

Prates, ex-senador nomeado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva para comandar a gigante do petróleo, assumiu o cargo em janeiro com a expectativa de supervisionar uma mudança estratégica em direção a mais projetos de energia renovável.

Ele disse que a Petróleo Brasileiro SA, como a empresa é chamada oficialmente, “precisa se preparar para uma inevitável transição energética” e quer que a empresa desempenhe um papel de liderança nisso.

No início desta semana, a empresa brasileira anunciou um acordo com a empresa norueguesa Equinor para avaliar o desenvolvimento de sete projetos eólicos offshore que podem custar US$ 70 bilhões se totalmente confirmados.

última atualização

Assista mais 2 histórias

Falando ao presidente-executivo da BP, Bernard Looney, a Petrobras disse em comunicado em seu site que as duas empresas – que são sócias em cinco blocos de petróleo no Brasil – sinalizaram a intenção de firmar futuras parcerias e compartilhar experiências.

“Vamos nos visitar para aprofundar as discussões nas áreas de exploração e produção e transição energética”, disse Prates, acrescentando que levantou o tema de possíveis parcerias em bioenergia e produção de hidrogênio.

A Petrobras também disse que a empresa malaia Petronas demonstrou interesse na produção de diesel renovável do concorrente brasileiro, destacando as sinergias potenciais decorrentes de semelhanças entre seus países.

A transição energética também foi o foco das discussões de Prates com Patrick Pouyanne, CEO da TotalEnergies, e Anders Opedal, CEO da Equinor, acrescentou a empresa.

Reportagem de Gabriel Araujo e Marta Nogueira; Edição por Sarah Morland

Nossos padrões: Os Princípios de Confiança da Thomson Reuters.

By Carlos Jorge

"Proud coffee expert. Webaholic. Zombie guru. Introvert. Avid beer aficionado. Analyst. Total TV practitioner. Award-winning foodie. Student."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *