A Xiaomi está planejando diminuir a quantidade de anúncios presentes na MIUI, é o que afirmou o CEO da companhia, Lei Jun, a declaração foi concedida após muitos usuários reclamarem da quantidade de propagandas dentro da interface proprietária.

Segundo Jun a empresa vai ouvir o pedido dos fans mas sem comprometer a receita da empresa, sendo assim a intenção é de remover todos os anúncios que afetam a experiência do usuário. O executivo não entrou em detalhes sobre o que isso significa, mas também deixou algumas pistas:

Nós removeremos todos os anúncios que afetam nosso usuários e os que oferecem artigos militares ou que contenham conteúdo vulgar

Entretanto ele deixou claro que a Xiaomi não pode e nem vai remover todos os anúncios, tendo em vista que eles são importantes para as receitas da empresa e ajudam a sustentar o preço baixo dos smartphones. Assim, ao que tudo indica, a chinesa deve apenas “aparar os excessos”, uma vez que Lei Jun classificou a Xiaomi como “uma empresa de serviços”.