Você provavelmente se lembra quando os sensores de impressão digital surgiram nos smartphones no botão de início físico. Parece ontem não é mesmo? Nos dias atuais, o sensor foi parar nas telas e a Xiaomi está tornando-o cada vez melhor.

Os sensores presentes nas telas dos dispositivos Android tem aproximadamente 1:1, porém são mais lentos que os localizados em outras partes dedicadas a eles (como um botão ou área na lateral ou na traseira do dispositivo). Além disso, você precisa pressionar a tela em um local específico e invisível, e a Xiaomi deseja mudar isso.

Vídeo do co-fundador

No Weibo, o co-fundador da empresa, Lin Bin demonstrou um novo sensor de impressões digitais que está sendo desenvolvido. Esse foca em duas restrições dos sensores “In-Screen”: um toque que dure poucos segundos que registre a impressão digital e a área que o sensor deverá ler.

Até agora, é a única empresa que apresentou um sensor que abrange uma área grande da tela, porém não se sabe sobre sua segurança.

Fonte: SlashGear