Mesmo com três versões lançadas após o Windows 7, muitos ainda o preferem mesmo não sendo o mais recente. O grande problema é que o suporte será encerrado e deixarão de receber atualizações de segurança. A Microsoft já marcou a data final para que isso aconteça, em 14 de janeiro de 2020.

O sistema fará 10 anos de lançamento em Outubro, mas já perde seu lugar para o Windows 10 que passou o sistema no final de 2018, com 39,2% contra 36,9% de acordo com a NetMarketShare e ZDNet.

Perder o suporte significa que a Microsoft deixará de enviar correções de problemas, segurança e tudo relacionado ao Windows e seus serviços. Portanto, é necessário atualizar para evitar que criminosos utilizem uma falha e roubem seus dados ou tomem o controle de seus computador.

Se você o utiliza, calma, ainda há muito tempo para migrar, mas vá pensando em formas de salvar seus arquivos, caso algo de errado em uma possível migração futura. Não sabemos se a Microsoft irá forçar os usuários a atualizarem seus dispositivos, como já fez anteriormente, mas é sempre bom uma cópia de segurança.