WhatsApp deve começar a exibir anúncios no Status no ano que vem

O WhatsApp deve começar a exibir anúncios no ano que vem, executivos da empresa disseram ao The Wall Street Journal que pretendem sim inserir meios de lucro com o aplicativo, indo contra as propostas dos fundadores do app e comentários feitos pela empresa nos últimos anos. Mas nada de banners: a publicidade deverá aparecer nos Status.

A idéia e utilizar a plataforma de uma maneira semelhante ao Stories do Instagram, com anúncios surgindo entre um post e outro dos usuários. Matt Idema, COO da empresa, não deu muito mais detalhes à reportagem do WSJ. Ainda assim, dá para imaginar que o Status apareça como mais uma opção de posicionamento no Gerenciador de Anúncios do Facebook – exatamente como acontece com o feed do Instagram, o Stories e o Messenger, além da Audience Network.

Idema acredita que veicular anúncios nesse espaço pode ajudar as pessoas a se “familiarizar” com a presença de empresas no WhatsApp, mais ou menos como aconteceu com o Stories. “Nós vimos isso funcionar bem no Instagram e estamos aprendendo muito a partir disso”, disse o executivo ao jornal. Fidelizando os usuários, a companhia consegue seguir com o plano de aos poucos cobrar grandes negócios por serviços na sua versão Business.

O porta-voz não deu uma data específica para a chegada dos anúncios na plataforma, limitando-se a dizer que a estreia acontecerá no ano que vem. Ele também não explicou como será feita a segmentação de público, mas não é de se imaginar que o Facebook vá aproveitar o fato de que muitos usuários informam o número de telefone – o mesmo usado no WhatsApp – na rede social.