O presidente dos Estados Unidos demitiu esta terça-feira à noite o presidente do departamento de cibersegurança dos Estados Unidos, que garantiu que as eleições presidenciais de 3 de novembro foram totalmente seguras, contrariando a tese defendida por Trump e seus aliados, que sustentam – mesmo sem fornecer evidências concretas – que existia fraude eleitoral.

Em dois tweets consecutivos, Donald Trump afirma que “encerrou” as funções de Chris Krebs à frente da Agência de Segurança Cibernética e de Infraestrutura (CISA), que faz parte do Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos, precisamente porque ele declarou publicamente que não há evidências de irregularidades.

“As recentes declarações de Chris Krebs sobre a segurança das eleições de 2020 foram extremamente errôneas, pois houve indecências e fraudes em massa – incluindo situações de mortos que votaram, observadores que não tiveram acesso a locais de contagem de votos,” erros “nas máquinas de contagem que mudou os votos de Trump para Biden, pesquisas extras e muitos outros casos. Assim, com efeito imediato, Chris Krebs tem suas funções encerradas como diretor da Agência de Segurança Cibernética e Infraestrutura “, escreve Trump.

By Carlos Eduardo

"Fã de música. Geek de cerveja. Amante da web. Cai muito. Nerd de café. Viciado em viagens."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *