De acordo com o a empresa de análise de mercado, Strategy Analytics, aventurando-se em assuntos de telefonia móvel, Tizen ultrapassou o sistema operacional da BlackBerry como plataforma portátil mais utilizada no mundo, sendo instalada em mais celulares do que o ambiente virtual da ex-gigante sediada no Canadá. Apesar da antiga RIM (Research In Motion) não estar indo de vento em popa no segmento de smartphones, dada a juventude do software próprio da companhia fundada na Coreia do Sul, superar o BB OS é motivo de muito orgulho à equipe responsável pelo grande avanço da interface no viés atual.

A informação liberada pela análise aprofundada do mercado de telefonia móvel entra em consenso com o visto em meados do mês de outubro, quando outra pesquisa comercial revelou que o Tizen é o segundo sistema operacional mais utilizado pelos indianos, superando o iOS e Windows Phone em modelos de entrada ou intermediários vendidos em solo onde as vacas são creditadas como animais sagrados. De fato, os responsáveis por tal conquista são dois: Samsung Z1, o primeiro celular lançado a contar com o ambiente virtual sul-coreano, o Z3, dando sucessão à primeira geração com bom gosto e uma lista vantajosa de especificações técnicas, mas a dupla atrai os clientes, principalmente, por serem vendidos por valores bem moderados.

A porcentagem de utilização do Tizen não se aproxima, nem de longe, do iOS, Android e Windows Phone, observando os dados coletados pela empresa de análise de mercado, todavia o aumento de sua fama se torna ainda mais notável quando relembra-se que a novidade está disponível somente em locais restritos, como alguns países da Ásia e na Rússia, onde há muita competitividade por preços inferiores. É válido acompanhar de perto o progresso do sistema operacional desenvolvido pela própria Samsung, julgando por sua popularidade no Android, que pode ser utilizada como impulso ao crescimento de seu ambiente virtual próprio.