Técnico da seleção brasileira diz que Marta pode começar Mundial Feminino no banco

MAURÍCIO SAVARESE, Associated Press

26 minutos atrás

TERESÓPOLIS, Brasil (AP) – A atacante brasileira Marta pode começar a Copa do Mundo Feminina no banco enquanto continua se recuperando de uma lesão no joelho esquerdo, disse a técnica do Brasil, Pia Sundhage, em entrevista à Associated Press na sexta-feira.

Sundhage não sabe quanto tempo o seis vezes Jogador do Ano da Fifa pode jogar em cada partida do torneio, que começa no mês que vem na Austrália e na Nova Zelândia. O primeiro jogo do Brasil será em Adelaide, contra o Panamá, no dia 24 de julho.

“Não sei se ela estará no time titular. Também pode vir do banco. Tenho certeza que ela dará tudo”, disse Sundhage à AP no campo de treinamento do Brasil em Teresópolis, a 95 quilômetros (60 milhas) do Rio de Janeiro. “Ainda temos alguns dias para montar esse time. Não se trata apenas de Marta.

“Digamos que ela foi a melhor jogadora do mundo. Você ainda é uma equipe e precisa construir essa equipe. “Alguns jogadores simplesmente se conectaram”, disse o técnico sueco de 63 anos. “Dependendo do que está acontecendo lá fora, temos algumas opções. O melhor dessa equipe é que somos flexíveis e, ao mesmo tempo, mantemos nossa confiança.”

Marta, 37, está disputando sua sexta – e possivelmente última – Copa do Mundo pelo Brasil, que nunca venceu o torneio. Marta passou por uma cirurgia para reparar um ligamento cruzado anterior rompido no ano passado, depois de machucar o joelho esquerdo em um jogo do clube nos Estados Unidos. Ela voltou à seleção nacional contra o Japão em fevereiro, após uma ausência de onze meses. Ela não foi utilizada nos dois amistosos do Brasil contra Inglaterra e Alemanha em abril.

O Brasil é uma das três seleções sul-americanas no torneio, junto com Argentina e Colômbia. O Brasil está no Grupo F com a França – seleção que eliminou os brasileiros nas oitavas de final há quatro anos -, Jamaica e Panamá.

O Brasil anunciará sua seleção final na terça-feira e jogará uma partida final diante da torcida contra o Chile em 2 de julho em Brasília.

___

AP Soccer: https://apnews.com/hub/soccer e https://twitter.com/AP_Sports

By Patricia Joca

"Professional troublemaker. Friend to animals everywhere. Social media expert. Dedicated analyst. Amateur entrepreneur."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *