Acusado de agredir ex-namorada, o atacante Sebastián Villa voltou a jogar pelo Boca Juniors no último domingo e provocou declarações polêmicas do técnico colombiano Carlos Queiroz. O técnico disse que incluiu o atacante em sua lista inicial de 42 jogadores para as eliminatórias. Mas o que causou maior repercussão foi um comunicado proferido após a coletiva.

  • Veja a tabela classificatória

Em resposta aos jornalistas, Queiroz deixou claro que pensa em ligar para Villa e que “ele não é uma instituição” para julgar o caso. Ao final, sem saber que o microfone estava ligado, o treinador conversou com o assessor de imprensa, Juan Raúl Mejía, que lhe mostrou a reação de um jornalista nas redes sociais (veja o tweet abaixo). O português então disse (ouça o áudio abaixo):

“Se todos os homens que foram agredidos por mulheres fossem à imprensa falar, o mundo seria …”

Carlos Queiroz, treinador da Colômbia: “Se ele está pronto para jogar pelo Boca Juniors, com certeza é um jogador que vai estar no nosso radar” – Foto: Joaquin Sarmiento / AFP

O áudio foi retirado das plataformas digitais em que a Federação Colombiana de Futebol disponibiliza suas coletivas de imprensa, mas foi divulgado. Diante de todas as repercussões do depoimento, Queiroz usou seu perfil no Twitter para se defender.

– Diante de qualquer mal-entendido que resulte do áudio, parcial e privado, após a coletiva de imprensa, reafirmo publicamente e de forma inequívoca, como fiz na coletiva, a convicção de que qualquer julgamento e condenação por parte da mídia não substitui o primário função de justiça – publicou o treinador.

O Villa tem quatro jogos pela seleção colombiana, todos comandados por Carlos Queiroz. Não foi convocado para as duas primeiras rodadas das eliminatórias, mas figurou na lista inicial dos portugueses para partidas contra Uruguai e Equador. Durante a coletiva de imprensa, o técnico não hesitou em dizer que pensa em chamá-lo.

– Se ele está pronto para jogar pelo Boca Juniors, com certeza é um jogador que estará no nosso radar. Não importa o que se diga, para mim o importante é o seu rendimento. Se você está pronto para o Boca, você está pronto para a Colômbia. Eu não sou uma instituição. Tem um jogador que está jogando na Argentina, que é colombiano, e eles me pagam para saber se ele tem habilidade para chegar à seleção colombiana. Quando os tribunais tomarem as decisões, vou respeitar – declarou.

No áudio vazado, uma assessoria de imprensa mostra a Queiroz a reação da jornalista Sarah Castro Lizarazo: “A seleção colombiana também é uma instituição, Professor Queiroz … Uma empresa privada que há muitos anos é uma instituição SOCIAL no país. Precisamos de protocolos e medidas contra a violência de gênero. Você não vem só para escolher os atletas ”, comentou o jornalista

No final de abril, Sebastián Villa, 24, foi acusado pela ex-namorada Daniela Cortés agressão física e psicológica. Na ocasião, Daniela utilizou as redes sociais e postou fotos e vídeos de lesões e reiterou que não foi a primeira vez. O atacante negou todas as acusações. Cortés apresentou queixa formal na Argentina e foram ouvidas testemunhas de ambos os lados.

Sebastián Villa jogou pelo Boca Juniors contra o Newell’s no último domingo, após quase oito meses de sua última partida oficial – Foto: Luciano Bisbal / Getty Images

O jogador responde em liberdade, e Daniela voltou para a Colômbia. No final de agosto, o Boca Juniors emitiu um comunicado no qual dizia que Villa ficaria afastado até o final do processo. Ele foi entrevistado pelo Atlético-MG em setembro, mas o clube brasileiro desistiu do contrato após resistência da torcida.

No mês passado, Daniela fez postagens nas redes sociais expressando o desejo de que o ex-namorado não sofresse represálias no trabalho por problemas pessoais (veja acima). O próprio Villa respondeu e agradeceu a postura.

No início deste mês, o Boca Juniors mudou de posição e, embora reitere que está à disposição da Justiça, fará um “esforço pela pessoa”. O clube reafirmou suas ações internas de combate à violência de gênero. No domingo passado, o Villa entrou na equipe titular na vitória por 2 a 0 sobre o Newell’s Old Boys.

By Patricia Joca

"Professional troublemaker. Friend to animals everywhere. Social media expert. Dedicated analyst. Amateur entrepreneur."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *