A Sony desde muito tempo não consegue emplacar um bom smartphone no mercado, ela já anunciou diversos cortes de lançamentos em seu setor mobile cortando aparelhos de médio porte focando apenas em tops de linha, algo que ela também vem fracassando entregando dispositivos sem muitos atrativos por preços considerados elevados de mais.

Muitos apostam também que os fracassos da Sony no setor se devem aos atrasos no que diz respeito a como a Sony acompanha a concorrência, estamos em tempos de smartphones sem bordas, a companhia segue apostando em modelos com a mesma cara de produtos de 2013, o que possivelmente tem feito os consumidores correrem atrás de outros dispositivos. E ao que tudo indica a empresa está finalmente reconhecendo isso.

Planos divulgados pela empresa a acionistas afirmam que a companhia não conseguiu aprimorar sua linha de produtos rápido o suficiente, e cita a questão de bordas mais finas e sistemas mais sofisticados de lentes e câmeras duplas como exemplos.

Aparecem ainda como pontos a serem aprimorados o áudio dos aparelhos, assim como os displays e bateria. No mesmo plano ela reforça sua aposta para o mercado de 5G, e acredita que a Europa será um mercado-chave para o seu sucesso.

Nos planos há ainda informações sobre enxugar equipes de desenvolvimento da linha Xperia, e diminuir a expectativa em cima de números de vendas, focando nos próximos anos em tornar a divisão de celulares apenas sustentável, em uma iniciativa que vem sendo chamada de “One Sony”.

O anúncio da japonesa é importante pois traz a público o reconhecimento de problemas que a companhia enfrenta, e de certo modo acalma os entusiastas da Sony, que agora têm algumas respostas das razões pelas quais a empresa não andava se destacando tanto mas dificilmente ela mudará este cenário, já que anteriormente a empresa tomou certas atitudes que não deram certo.