O Galaxy Fold foi anunciado pela Samsung como o smartphone de nova geração. É um dispositivo com três telas, sendo duas dobráveis que se abrem formando uma tela maior. No entanto, conforme os reviews começaram a aparecer, a empresa notou que havia uma grande vulnerabilidade no dispositivo.

Basicamente, a dobra entre a tela e a parte traseira do dispositivo tem uma entrada onde qualquer coisa pode entrar e acabar com a tela do dispositivo. Fora a película que se retirada danifica por inteiro a tela do dispositivo. Por esses motivos, a Samsung afirmou que está melhorando o dispositivo antes de vendê-lo.

A grande questão é que quem encomendou o Galaxy Fold recebeu um e-mail falando sobre o status da encomenda. Nele o comprador deve optar se deseja manter a ordem de compra ou ela irá se cancelar automaticamente em 31 de maio. Isso significa que o dispositivo não será lançado nesse mês.

A data para envio dos comprados pela AT&T é no dia 13 de Junho, mas ao que parece a Samsung também não conseguirá cumprir esse prazo. Parece que os problemas encontrados no Galaxy Fold são maiores do que a empresa previa.