Procon divulga lista de sites para evitar na Black Friday 2018

A BlackFriday está chegando, estamos há menos de 10 dias do evento e com isso e bom se precaver sobre as lojas em que não tem um bom histórico, sendo assim o Procon de SP divulgou a lista dos sites que devem ser evitados pelos consumidores. Neste ano, 419 empresas estão na chamada ‘lista suja’.

Para criar a lista, o Procon leva em consideração os sites que tiveram reclamações de consumidores registradas junto à instituição, que foram notificados e não responderam ou não foram encontrados.

Dos 419 registros de Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) ou de Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) fiscalizados, 252 empresas estão com o endereço eletrônico fora do ar e 167 têm sites ativos.

A lista foi organizada em ordem alfabética pelo nome fantasia da empresa. Segundo o Procon, também é possível alterar a ordem da busca clicando no título da coluna.

Como já temos uma série de promoções acontecendo na “pré-Black Friday” ou que acontecerão na “Black Week”, é muito importante que a lista já esteja disponível. Antes da compra online, lembre-se de verificar a legitimidade da loja, cheque o prazo do frete e a disponibilidade do produto divulgada pelo e-commerce.