As autoridades federais suíças decidiram nesta quarta-feira suspender as restrições à entrada de pessoas da maioria dos países e regiões que constavam da lista negra, incluindo Portugal.

Os nacionais ou viajantes desses países já não têm de cumprir a quarentena de 10 dias à chegada, sob pena de multa de 10.000 francos suíços (9.350 euros).

Para decidir se um estado ou zona apresenta alto risco de infecção, são consideradas novas infecções por 100.000 pessoas nos últimos 14 dias.

Se a incidência no país em questão ultrapassa pelo menos 60 na Suíça – mais de 760 por 100 mil habitantes, segundo os números mais recentes – o país entra na lista negra.

Em 25 de setembro, a Suíça havia ampliado sua lista de países com viajantes sujeitos à quarentena quando chegavam ao território suíço, incluindo Portugal.

A Suíça foi relativamente poupada na primeira onda da pandemia na primavera, mas por várias semanas o número de casos diários dobrou semanalmente.

By Carlos Eduardo

"Fã de música. Geek de cerveja. Amante da web. Cai muito. Nerd de café. Viciado em viagens."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *