A polícia de Dubai disse no domingo que não suspeitava de nenhum “ato criminoso” no morte do empresário congolês Sindika Dokolo, marido de Isabel dos Santos, empresária e filha do ex-presidente angolano José Eduardo dos Santos.

Sindika Dokolo morreu na sexta-feira em um acidente de mergulho em Dubai.

“Não suspeitamos de nenhum ato criminoso na morte do empresário Sindika Dokolo, 48, que se afogou enquanto praticava mergulho livre no norte da ilha de Deira”, disse a polícia do emirado em um comunicado.

Em 29 de outubro, as autoridades receberam “uma chamada de emergência” e as equipes de resgate marítimo foram “imediatamente enviadas”, disse o tenente-general Khaled Ibrahim al-Mansuri, subcomandante investigativo.

Sindika Dokolo praticava uma forma de mergulho, conhecida localmente como al-hivari, que não utiliza equipamento respiratório e depende exclusivamente do ar dos pulmões.

As declarações de amigos do empresário e o laudo médico-legal permitiram “concluir que não há suspeita de crime nesta morte”, disse o general.

Sindika Dokolo nasceu em 1972 no antigo Zaire, atual República Democrática do Congo (RDC), filho do banqueiro Augustin Dokolo Sanu e de sua segunda esposa, a dinamarquesa Hanne Taabbel.

Crítico dos quase 20 anos do regime do presidente Joseph Kabila na RDC, Sindika Dokolo passou cerca de cinco anos no exílio devido aos processos movidos contra ele em Kinshasa, retornando ao país em maio de 2019, meses após a vitória presidencial do adversário Félix Tshisekedi em dezembro de 2018 .

Sindika Dokolo é casada desde 2002 com Isabel dos Santos, que tinha quatro filhos.

O casal é suspeito de ter ofendido o Estado angolano em milhões de dólares e foi alvo em dezembro de 2019 de apreensão de bens e participações societárias, conforme determinação do Tribunal Provincial de Luanda. Sindika Dokolo e Isabel dos Santos negam as acusações.

By Carlos Eduardo

"Fã de música. Geek de cerveja. Amante da web. Cai muito. Nerd de café. Viciado em viagens."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *