Paquistão e Portugal concordam em melhorar as oportunidades comerciais e de investimento – negócios e finanças

ISLAMABAD: Paquistão e Portugal concordaram em aumentar o comércio bilateral e o investimento e a cooperação em agricultura, conservação de água, economia azul, tecnologia verde e oportunidades de emprego para trabalhadores paquistaneses.

O acordo foi alcançado durante a terceira ronda de consultas políticas bilaterais entre o Paquistão e Portugal, em Lisboa, anunciou sábado o Ministério das Relações Exteriores.

A delegação paquistanesa foi chefiada pelo ministro adjunto dos Negócios Estrangeiros (Europa), embaixador Muhammad Saleem, enquanto o director-geral dos Negócios Estrangeiros do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Rui Vinhas, chefiou a parte portuguesa.

A agenda incluiu discussões sobre uma ampla gama de questões bilaterais, regionais e globais de interesse comum, incluindo segurança regional, mudança climática e cooperação nos fóruns multilaterais.

De acordo com um comunicado, ambos os lados expressaram sua satisfação com o estado atual do relacionamento bilateral e reiteraram seu compromisso de expandir e diversificar ainda mais a cooperação mutuamente benéfica.

“Eles concordaram em melhorar o comércio bilateral e o investimento e a cooperação nas áreas de agricultura, gestão de água e TIC. [international counter of terrorism]economia azul, tecnologias verdes e oportunidades de emprego para trabalhadores paquistaneses”, acrescentou.

Foi também acordada a realização de sessões regulares de consultas políticas, devendo a próxima sessão realizar-se em Islamabad, para a qual a delegação portuguesa deslocar-se-á ao Paquistão em datas mutuamente acordadas.

Registrador comercial de direitos autorais, 2023

By Carlos Jorge

"Proud coffee expert. Webaholic. Zombie guru. Introvert. Avid beer aficionado. Analyst. Total TV practitioner. Award-winning foodie. Student."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *