A popularização dos smartphones fez com que os famosos Orelhões ficassem praticamente em desuso, já que as operadoras trabalham muito para tentar atrair clientes para seus planos, e também há o fator mobilidade em jogo.

Isso tudo levou muitas operadoras a abandonar vários dos orelhões sem prestar qualquer manutenção á eles, e cá entre nós os danos que ocorrem neles são muitos já que o Brasil é cheio de pessoas que não tem qualquer estrutura mental para não danificar um serviço que está lá para o bem de todos.

Mas voltando ao caso dos orelhões abandonados, a Anatel realizou uma fiscalização e verificou que a operadora Oi não atingiu os indicadores mínimos de disponibilidade e obrigou a empresa a oferecer ligações gratuitas em 15 estados.

Segundo o revelado pela Anatel, a operadora não cumpre o percentual de orelhões em condições de operação e não atingiu os patamares estabelecidos pela agência, que deve ser de, no mínimo, 90% em todas as Unidades da Federação e de no mínimo 95% nas localidades atendidas somente por orelhões.

Sendo assim, as ligações gratuitas como forma de punição a Oi são válidas apenas para telefones fixos, mas permitem chamadas de longa distância. A medida passou a vigorar no dia 1º de outubro e é válida até 30 de março de 2018 nos seguintes estados:

  • Alagoas
  • Amazonas
  • Amapá
  • Bahia
  • Ceará
  • Espirito Santo
  • Maranhão
  • Pará
  • Paraíba
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe