O atacante colombiano deixou mensagem nas redes sociais.

A notícia já havia sido avançada pela imprensa colombiana no domingo e, nesta segunda-feira, foi confirmada por ele mesmo: Jackson Martínez encerrou a carreira no futebol, após as lesões que, desde 2016, o impediam de encontrar a melhor forma nos gramados .

“Quero compartilhar que decidi encerrar minha carreira de jogador profissional de futebol, uma decisão difícil de tomar, mas, por sua vez, a mais sábia. Desde a minha lesão no tornozelo em 2015/2016, começou uma luta na qual dei meu tudo para voltar a jogar em boas condições este esporte que tanto amo, e mesmo tendo voltado a campo depois de dois anos, foi muito difícil jogar como eu queria. Agradeço a Deus por quem, através de sua palavra sagrada, tem sido a minha força “, escreveu a ponta de lança de 34 anos nas redes sociais.

Jackson também deixou várias notas de agradecimento: “Obrigado aos clubes, treinadores, companheiros e seleção da Colômbia, por tudo o que tem passado. Obrigado à minha família, a todos que acompanharam e apoiaram minha carreira, cada torcedor, jornalista etc. .Agradeço aos médicos fisioterapeutas que participaram de todos os tratamentos realizados ”.

Em Portugal, Jackson representou o FC Porto (entre 2012 e 2015) e o Portimonense (entre 2018 e 2020). Antes, havia passado pelo Independiente Medellín e pelos Jaguares de Chiapas, do México. Depois de jogar pelo Dragão, jogou pelo Atlético de Madrid, Guangzhou Evergrande e o Portimonense foi o último clube onde atuou como profissional.

Pelo FC Porto, Jackson Martínez marcou 92 golos em 136 jogos oficiais. No Portimonense, foram 12 golos em 54 jogos. Internacional colombiano em 41 ocasiões, ele teve gosto pelos “cafeteros” 10 vezes.

Mensagem de Jackson MartInez na íntegra:

“Quero partilhar que decidi terminar a minha carreira de jogador de futebol profissional, uma decisão difícil mas, por sua vez, a mais sensata.

Desde a minha lesão no tornozelo, em 2015/2016, começou uma luta em que dei tudo de mim para jogar em condições favoráveis ​​este esporte que tanto amo, e mesmo tendo voltado a campo depois de dois anos, foi muito difícil jogar como você desejou. Dou graças a Deus por quem, por meio de sua santa palavra, tem sido minha força.

Obrigado aos clubes, treinadores, companheiros e equipe da Colômbia, por tudo o que foi vivenciado. Agradeço a minha família, a todos que acompanharam e apoiaram minha carreira, a cada torcedor, jornalista, etc. Agradeço aos médicos fisioterapeutas que participaram de todos os tratamentos realizados.

Romanos 8:28 – “E sabemos que para aqueles que amam a Deus, todas as coisas concorrem para o bem, isto é, para aqueles que são chamados de acordo com o seu propósito. A fé não é uma ausência de problemas, a verdadeira fé se aplica apesar dos problemas. “

By Patricia Joca

"Professional troublemaker. Friend to animals everywhere. Social media expert. Dedicated analyst. Amateur entrepreneur."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *