Redação

Tópicos

O treinador português – e equipa do Vasco da Gama – foram confrontados nos treinos desta quinta-feira.

A polêmica estourou no Vasco da Gama, sob a orientação de Ricardo Sá Pinto: um grupo de torcedores invadiu o treino matinal da equipe do treinador português para pedir satisfação diante dos maus resultados.

Sá Pinto foi um dos alvos que chamou a atenção de elementos pertencentes a uma claque organizada e os portugueses não se esquivaram das responsabilidades. Segundo o Globoesporte, ele foi na frente e dialogou com alguns torcedores, refutando declaração que lhe foi atribuída pela imprensa brasileira e que causou descontentamento na torcida do Cruzmaltino.

“Para minha felicidade e digo de coração: não vejo essas pessoas fazendo absolutamente nada. Durante a semana no trabalho, na alimentação, no descanso e na vida privada. Tenho um grupo fantástico. Eu sou o mais responsável . Quando não posso pagar., Sou o primeiro a sair. Temos condições. Calma, calma, calma. Há uma série de fatores que não têm sido favoráveis. Em muitos jogos que não vencemos, tivemos muito azar, foram detalhes. Tem a ver com as coisas do jogo ”, disse Sá Pinto, segundo o Globoesporte.

Nos vídeos que circularam nas redes sociais, foi possível perceber alguns momentos de maior exaltação. O Vasco da Gama não venceu seis jogos em todas as competições, já foi eliminado da Copa Sul-Americana (equivalente à Liga Europa) e está na 17ª do Brasileirão, vaga que implica na descida à Série B.

By Patricia Joca

"Professional troublemaker. Friend to animals everywhere. Social media expert. Dedicated analyst. Amateur entrepreneur."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *