O Google demitiu um de seus principais investigadores de ética em inteligência artificial (IA), Timnit Gebru, de acordo com a própria empresa afetada, que atribuiu a decisão na quinta-feira a represálias por um e-mail interno enviado.

No e-mail em questão, enviado a dois grupos de funcionários da gigante da informática, “Brain Women” e “Allies listserv”, Timnit Gebru criticou duramente a empresa e até incentivou seus colegas a “pararem de escrever documentos que não servem por nada “, além de reclamar que ninguém na empresa a escutava.

Após o envio da mensagem, Gebru exigiu que seus superiores hierárquicos mudassem algumas condições do local de trabalho, caso contrário ele deixaria a empresa, e a resposta que recebeu foi que, por não aceitarem as condições exigidas por ele, aceitaram sua renúncia imediata.

“Achamos que o fim do seu trabalho deve acontecer mais rápido do que o seu e-mail reflete, porque certos aspectos da mensagem que você enviou aos funcionários refletem comportamentos que não são consistentes com o que se espera de um diretor do Google”, responderam seus chefes, segundo publicado no funcionário demitido no Twitter.

Nascido na Etiópia, Gebru formou-se na Universidade de Stanford (Estados Unidos) em Engenharia Elétrica e, antes de ingressar no Google, trabalhou para a Microsoft e a Apple.

A engenheira é conhecida por um estudo que conduziu em 2018 com a pesquisadora Joy Buolamwini do Massachusetts Institute of Technology (MIT), que descobriu que os sistemas de reconhecimento facial falham com mais frequência com pessoas com tons de pele mais escuros do que com tons de pele mais claros.

Além de seu trabalho como diretora de ética em IA, Gebru foi particularmente ativa no Google nos esforços para contratar e promover negros e, em várias ocasiões, criticou a forma como eles são tratados pela empresa.

By Carlos Jorge

"Proud coffee expert. Webaholic. Zombie guru. Introvert. Avid beer aficionado. Analyst. Total TV practitioner. Award-winning foodie. Student."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *