Novo Opera é 38% mais rápido do que o Firefox Quantum

O Opera é mais um dos bons navegadores do mercado que brigam pelo título de melhor em sua categoria, ele chegou a sua versão 51 depois que esta esteve por muito tempo em fase de testes trazendo a promessa de correções, segurança e claro, velocidade.

Esta nova versão traz consigo a essência do Chromium 64 fazendo com que o Opera 51 se torne ainda mais rápido, em testes recentes rodando no sistema Windows ele conseguiu superar os navegadores mais populares sendo até 38% mais veloz do que a última aposta da Mozilla com seu Firefox Quantum.

Mas não foi somente em velocidade que o Opera foi melhorado, com relação aos recursos ele ganhou a capacidade de gerenciar guias no topo das páginas, facilitando na usabilidade e economia de tempo quando for preciso encontrar o conteúdo de um site a qualquer momento.

O tradicional recurso de exportar e importar favoritos também está de volta nas opções do Opera.

Adicionamos um botão para as marcações de importação junto com as guias de exportação, disponíveis no menu expansível.

É uma nova maneira para você importar seus favoritos de outros navegadores web. Você também pode importar marcadores e outras configurações através do menu de Configuração fácil encontrado na página inicial.

— Opera

O modo de navegação privativa agora exibe uma animação minimalista na interface, que pode ser desativada quando você quiser. Outro recurso implementado foi o“retornar à guia”adicionada para vídeos em exibição. Ao pressionar esta opção, você retorna um vídeo exatamente de onde ele parou.

O Opera 51 ganhou um novo sistema para backup e restauração de perfis. Este recurso pode ser encontrado seguindo até Configurações (ou Preferências, no MacOS) > Navegador > Redefinir configurações do navegador.

Assim, ele eliminará todo os dados registrados, além de seus favoritos, histórico e senhas salvas.

  • Opera 51 está disponível para Microsoft Windows, MacOS e Linux — download
Fonte Opera