Nokia cortará mais de 1.200 empregos na Alcatel-Lucent – 22/6/2020

0
16
Emirates lançou a primeira sonda árabe para Marte em julho - 19.5.2020

Autor: Mathieu Rosemain e Gwénaëlle Barzic

PARIS (Reuters) – A Nokia Oyj planeja cortar 1.233 empregos na subsidiária francesa Alcatel-Lucent International, equivalente a um terço da força de trabalho da unidade, disse um grupo de equipamentos de telecomunicações na segunda-feira, confirmando um relatório anterior da Reuters.

O anúncio tem implicações políticas na França, pois a Nokia comprou a Alcatel-Lucent há cinco anos, desde que retenha empregos.

A Nokia, que está competindo com a Ericsson e a Huawei na introdução de redes 5G, disse em comunicado que o downsizing da equipe é necessário devido a pressões significativas nos custos.

A Nokia anunciou em abril que pretende cortar custos em € 500 milhões (US $ 560,3 milhões) até o final deste ano em comparação a 2018, com € 350 milhões em economia de custos operacionais e € 150 milhões em custos de vendas.

Quando a Nokia comprou a Alcatel-Lucent International, prometeu manter empregos na França por dois anos e expandir as equipes de pesquisa e desenvolvimento do país para se tornar um recurso de grupo para a próxima geração de tecnologia de internet móvel. Rede 5G.

Devido a cortes de empregos, as equipes francesas de pesquisa e desenvolvimento serão particularmente afetadas.

A Nokia foi exonerada de tais obrigações este mês, disse uma porta-voz. O governo francês não comentou imediatamente.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here