Desconhece-se a presença de Kylian Mbappé em Portugal-França este sábado, já que uma das estrelas gaulesas apresentou algumas limitações físicas.

Na antevisão do encontro, José Fonte partiu do princípio que, tendo em conta a qualidade individual do jogador do Paris Saint-Germain, não será o mesmo tê-lo ou não tê-lo do outro lado do campo.

«Jogar Mbappé, um dos melhores jogadores do mundo, é sempre diferente. Não podemos negar isso, é um jogador que pode fazer a diferença », começou por dizer, antes de elogiar a força colectiva do adversário.

«A França tem outros grandes jogadores e não estamos focados em nenhum deles. Concentramo-nos primeiro em nós próprios e depois ficamos atentos aos adversários. E a seleção francesa, como equipe, é muito forte. Temos que estar focados e sólidos como equipa para fazer um bom trabalho », receita.

Por jogar pelo campeonato francês, pelo Lille, José Fonte pode entender melhor a maioria dos adversários de sábado, mas o zagueiro garante que não precisa dar dicas aos colegas sobre eles.

«Não posso dizer que dei muitas dicas aos meus colegas. Conhecemos todos os jogadores que vamos enfrentar. Todos nós os vemos na televisão e jogamos contra eles. Por isso, conhecemos bem a qualidade do adversário ”, concluiu, em entrevista coletiva.

By Patricia Joca

"Professional troublemaker. Friend to animals everywhere. Social media expert. Dedicated analyst. Amateur entrepreneur."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *