Mensagens de texto aterrorizantes enviadas antes de 3 mulheres serem brutalmente assassinadas na América do Sul

Mensagens de texto aterrorizantes enviadas antes de 3 mulheres serem brutalmente assassinadas na América do Sul

Acredita-se que as mulheres tenham sido torturadas, mortas e enterradas em 5 de abril.

Mensagens de texto assustadoras enviadas por um grupo de mulheres que foram brutalmente assassinadas em uma viagem à praia no Equador foram reveladas. Denisse Reyna (19), Yuliana Macias (21) e Nayeli Tapia (22) foram presas três dias depois de desaparecerem em 4 de abril New York Post.

Duas das mulheres enviaram mensagens a familiares indicando que corriam perigo. A tradução de um texto dizia: “Sinto que algo está para acontecer”.

Macias era cantora, Tapia era mãe e Reyna era estudante de engenharia agrícola.

Segundo relatos locais, acredita-se que as mulheres tenham sido torturadas, mortas e enterradas em 5 de abril. Um grupo de pescadores fez a terrível descoberta e alertou a polícia depois de perceber um cachorro farejando o solo no rio Esmeraldas, perto de Quininde, no Equador, sentindo um cheiro desagradável.

Agência de notícias do Equador Vistazo informou que a vítima Tapia deu à luz sua irmã em 4 de abril.

Segundo a publicação, as mulheres foram encontradas mortas próximo ao local.

A saída relatou que horas antes de ela desaparecer, Reyna mandou uma mensagem para um amigo: “Tenho a sensação de que algo vai acontecer e, se algo acontecer comigo, lembre-se de que te amo muito”.

As mulheres foram encontradas enterradas. Eles foram amarrados e suas bocas cobertas. Também havia indícios de que eles haviam sido torturados.

“Eles eram jovens, usavam roupas de praia, maiôs, roupas leves, shorts”, disse Diego Velastegui, da polícia de Quininde, à mídia local.

A polícia também encontrou um telefone celular e espera que ajude a determinar o que aconteceu enquanto as autoridades continuam procurando pelo assassino ou assassinos.

By Carlos Eduardo

"Fã de música. Geek de cerveja. Amante da web. Cai muito. Nerd de café. Viciado em viagens."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *