Um dos maiores problemas do Android, e talvez a maior dor de cabeça da Google hoje, é a fragmentação do sistema operacional, hoje ele já está em sua versão 8.0 contando com uma taxa de instalações extremamente baixa, ainda mais se compararmos com o iOS da Apple.

Para mostrar o tamanho do problema do Andnroid, o engenheiro Dan Luu usopu dados públicos da Google desde 2010 até este ano, constatando o que todo mundo já sabe: a fragmentação do Android só cresce a cada ano que passa, ainda mais com a Google decidindo lançar uma versão do sistema por ano.

Ainda de acordo com os dados levantados por Luu a quantidade de dispositivos desatualizados em dois anos ou mais já chega a um bilhão. O grande problema de manter tablets e smartphones com versões como Gingerbread ou Ice Cream Sandwich está na segurança, essas versões mais antigas do Android estão muito atrás em termos de proteção, não receberam correções de brechas e muitas dessas falhas já são bem difundidas.

Claro, muitos destes aparelhos tem mais de dez anos de vida, por incrível que pareça, mas o grande problema hoje do sistema é a chamada obsolência programada, ou seja, o problema não é a idade do aparelho, mas sim o fato de ele ter sido abandonado pela fabricante pouco tempo após o lançamento.

  • Tom

    Infelizmente nenhuma novidade até aí.