JBS lança força-tarefa contra incêndios florestais para proteger 2,5 milhões de hectares no Brasil

Mas o maior produtor de carne do mundo insiste que está confiante de que pode implementar planos para monitorar toda a sua cadeia de suprimentos até 2025, incluindo fornecedores indiretos questionáveis ​​que estão ligados ao desmatamento ilegal no Brasil. A tecnologia é fundamental, afirma a empresa, e atualmente está tentando melhorar a rastreabilidade da cadeia de suprimentos por meio de satélite e blockchain.

Agora, ele divulgou um novo plano para proteger 2,5 milhões de hectares do Pantanal brasileiro por meio de uma força-tarefa de incêndio florestal que visa proteger 2,5 milhões de hectares do bioma por meio de detecção precoce de incêndios, análise de big data e resposta rápida. A JBS está investindo R$ 26 milhões (US$ 5,33 milhões) na iniciativa e afirma que o projeto gerará uma redução estimada de 15 milhões de toneladas de CO2.

A iniciativa Embrace the Pantanal é um dos maiores projetos de conservação do mundo utilizando recursos avançados de detecção e combate a incêndios e combinará brigadas florestais altamente qualificadas e com recursos analíticos, operacionais e de impacto comunitário de última geração, anunciou a JBS.

Primeiro, mais de 2,5 milhões de hectares (uma área aproximadamente do tamanho da Bélgica) na Serra do Amolar, região central do Pantanal, serão monitorados pelo IHP, cuja rede de proteção cobre mais de 90% dos mega incêndios por ano 2020 Foi afetado.

A detecção precoce de focos é facilitada pelo software desenvolvido pela umgrauemeio. O sistema 24 horas por dia, 7 dias por semana, processa imagens de alta resolução capturadas pelas câmeras das torres de comunicação por meio de um algoritmo de inteligência artificial, identificando automaticamente focos de incêndio e notificando as equipes.

By Carlos Jorge

"Proud coffee expert. Webaholic. Zombie guru. Introvert. Avid beer aficionado. Analyst. Total TV practitioner. Award-winning foodie. Student."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *