A Huawei teve sua parceria com a Google rompida em meio a toda polêmica envolvendo sua briga com o governo dos EUA. A empresa parece ter criado uma alternativa para substituir o Android em seus futuros smartphones.

A empresa teria finalizado seu sistema operacional, que até então é conhecido como HongMeng OS e poderia receber a nomenclatura definitiva de Ark OS. De acordo com as declarações do diretor administrativo e vice-presidente da Huawei Enterprise Business Group no Oriente Médio, Alaa Elshimy, a plataforma poderá estrear já neste próximo mês de junho.

Em uma entrevista concedida ao TechRadar, o executivo afirmou que a companhia já trabalha em um “plano B” desde janeiro de 2018 e esperava pela chegada deste momento de restrições em relação ao SO do Google.

“Nós não queríamos trazer o sistema operacional para o mercado, já que tínhamos uma forte conexão com o Google e outros e não queríamos estragar o relacionamento. Dada a situação, vamos lançá-lo no próximo mês. A Huawei sabia que esse momento chegaria e estava se preparando. O sistema operacional estava pronto em janeiro de 2018 e este era o nosso plano B.”

Alaa Elshimy

Vice-presidente da Huawei Enterprise Business Group no Oriente Médio

Elshimy acrescentou também que todos os apps do Android funcionarão com o HongMeng OS e ficarão disponíveis para download por meio do Huawei AppGallery.

Já na parte de hardware, o executivo ressaltou que a empresa já é autossuficiente em vários aspectos e possui todos os chipsets disponíveis – exceto os da Intel para PCs e servidores. Para completar, ele não parece se preocupar com a suspensão da WiFi Alliance.

“Do meu ponto de vista, quem tem a perder será a Alliance se nos mantiver de fora. Do ponto de vista do setor, é um padrão e é bom respeitá-lo, mas não é necessário fazer parte do grupo. A mesma resposta se aplica aos casos de Bluetooth e SD.”