Honduras abre embaixada na China após cortar relações com Taiwan

PEQUIM, 11 Jun (Reuters) – Honduras abriu uma embaixada na China neste domingo, noticiou a mídia estatal chinesa depois que o país centro-americano rompeu relações diplomáticas com Taiwan no início deste ano.

A embaixada em Pequim foi aberta pelos ministros das Relações Exteriores de ambos os países, informou a emissora estatal CCTV.

A presidente hondurenha, Xiomara Castro, está em visita de Estado à China para se encontrar com seu colega chinês, Xi Jinping, informou a mídia estatal.

Tegucigalpa encerrou seu relacionamento de décadas com Taipei em março e estabeleceu relações diplomáticas com Pequim.

A China reivindica Taiwan governada democraticamente como seu próprio território, sem direito a relações interestatais, uma posição que Taipei rejeita veementemente. A China exige que os países com os quais mantém relações reconheçam sua posição.

Atualmente, Taiwan mantém relações diplomáticas formais com apenas 13 países, principalmente países pobres e em desenvolvimento da América Central, Caribe e Pacífico.

Reportagem de Ellen Zhang e Martin Quin Pollard; Editado por William Mallard

Nossos padrões: Os Princípios de Confiança da Thomson Reuters.

By Carlos Eduardo

"Fã de música. Geek de cerveja. Amante da web. Cai muito. Nerd de café. Viciado em viagens."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *