A Samsung chamou a atenção do mundo em sua conferencia para desenvolvedores quando exibiu seu smartphone dobrável, chamado de Galaxy Fold abrindo as portas para a corrida das fabricantes pelos dispositivos que entregam a nova tecnologia.

Desde então diversos rumores e vazamentos sobre o dispositivo tem surgido, o que inclui a homologação do aparelho e a inclusão de duas baterias de 2.190 mAh cada, totalizando 4.380 mAh para o projeto.

O Galaxy Fold deve ser anunciado pela Samsung no dia 20 de fevereiro com hardware avançado, o que inclui o chipset Qualcomm Snapdragon 855, 12GB de RAM e 512GB de armazenamento, o aparelho terá status de exclusivo chegando ao mercado italiano por aproximadamente 2.000 euros, ou seja, algo em torno de R$ 8.550 em conversão direta.

Caso isso efetivamente se concretize, teremos a Samsung conseguindo atingir um patamar nunca antes pensado para smartphones sem personalizações de luxo com ouro e pedras preciosas.