Funcionários dos Correios começam greve hoje em todo o Brasil

Confirme vinha se noticiando nos últimos dias, os funcionários dos Correios entraram em greve hoje, 12/03, por todo o Brasil por tempo indeterminado, o principal motivo são as mudanças que a empresa pretende fazer no plano de saúde dos funcionários, sendo que essa medida irá a julgamento no Tribunal Superior do Trabalho (TST). Os Correios liberaram uma nota na qual defendem a mudança do plano:

A empresa aguarda uma decisão conclusiva por parte daquele tribunal para tomar as medidas necessárias, mas ressalta que já não consegue sustentar as condições do plano, concedidas no auge do monopólio, quando os Correios tinham capacidade financeira para arcar com esses custos.

A Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect) rebate a nota da empresa. Em comunicado na Folha, a federação afirma que a estatal planeja fechar aproximadamente 2.500 agências em todo o Brasil, insiste que seus funcionários entrem em planos de demissão voluntária, na retirada de direitos e na possibilidade de privatização:

Todo o desmonte promovido pela gestão dos Correios tende a prejudicar ainda mais os serviços à população.

Já em outro caso, na medida em que o Mercado Livre conseguiu uma liminar que proíbe o aumento de frete dos Correios a federação diz:

Quanto aos reajustes dos preços do serviço da estatal, a federação e toda a categoria concorda com a sociedade e discorda de aumentos abusivos nos valores

Apesar da paralisação ser nacional, existe a possibilidade de que não haja uma adesão de 100% da força de trabalho da empresa. Isso porque, na greve anterior, a justiça brasileira ordenou que pelo menos 80% do efetivo dos Correios continuasse em operação.

Através da Folha