Um terremoto de magnitude 7 abalou as águas do Mar Egeu na Turquia nesta sexta-feira. Também foi sentido em algumas regiões da Grécia. Quatro pessoas morreram e pelo menos 120 ficaram feridas na Turquia.

O terremoto sacudiu a costa do Egeu na Turquia e na região de Mármara, avança a mídia turca. O choque, ocorrido às 11h50, também foi sentido em Atenas, na Grécia, e em Istambul, na Turquia. Não há relatos de danos em Istambul, segundo o governador.


Testemunhas ouvidas pela Reuters disseram que uma multidão saiu às ruas de Izmir após o terremoto. Imagens da televisão pública turca TRT Haber mostram um edifício dilapidado no centro daquela cidade costeira. O ministro da Urbanização, Murat Kurum, disse que o número de edifícios que desabaram aumentou para cinco e que as pessoas estão presas nos escombros. O prefeito de Izmir, Tunc Soyer, disse que havia quase 20 prédios em ruínas como resultado do terremoto.

Por enquanto, não há informações sobre danos nas outras seis províncias onde o terremoto foi sentido, enfatizou o ministro do Interior turco, Suleyman Soylu, no Twitter.

Ilke Cide, estudante de doutorado que estava em Guzelbahçe, na costa de Izmir, durante o terremoto, disse à Reuters que fugiu para o interior após o aumento do nível da água. “Estou muito acostumado a terremotos … Portanto, não levei isso muito a sério no início, mas desta vez foi realmente assustador”, confessou, acrescentando que o choque teria durado pelo menos 25 a 30 segundos.

O epicentro está localizado a 17 quilômetros da costa da província de Izmir, a uma profundidade de 16 quilômetros, segundo os serviços de emergência turcos. O Serviço Geológico dos Estados Unidos, por outro lado, estima que o epicentro terá uma profundidade de 10 quilômetros, situando-se a 33,5 quilômetros da costa turca.

Moradores de Samos, uma ilha com cerca de 45.000 habitantes, foram aconselhados a ficar longe das áreas costeiras, disse à televisão grega Skai TV Eftyhmios Lekkas, responsável pela organização grega de planejamento do terremoto.

“Foi um terremoto muito grande, é difícil ter um maior”, disse ele.

“Tivemos muitos terremotos no passado, mas nunca senti um que durasse tanto”, disse Anna Makris, coordenadora de aconselhamento escolar em Atenas, ao Al Jazeera.

Terremotos são comuns na Turquia. Cerca de 17.000 pessoas morreram em um terremoto em Izmir em 1999.

By Carlos Eduardo

"Fã de música. Geek de cerveja. Amante da web. Cai muito. Nerd de café. Viciado em viagens."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *