O Centro Cultural Vila Flor acolhe este evento nacional dedicado à dramaturgia portuguesa contemporânea.

O Festival Encontros de Novos Dramaturgos (END) tem uma segunda residência artística esta terça e quarta-feira, 15 e 16 de dezembro, no Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães. O Laboratório END, programa de formação e investigação do Festival END, chega agora à cidade do Berço após o seu arranque em Coimbra, em outubro.

O evento consiste em um Programa intenso evento de dois dias envolvendo a participação em workshops, seminários e debates liderados por criadores, dramaturgos, críticos e acadêmicos. Sob o tema “Processos de criação literária para o palco: dramaturgia, teatralidade e materialidade”, o Laboratório END pretende ser um “lugar de criação e partilha comuns”.

Os três criadores emergentes, selecionados em ligar, foram Carminda Soares, com o projeto “Light on Light”; Daniel Gamito Marques, com “Too Much Human”; e Filipa Fernandes, com “DRAMA, na 3ª pessoa”. Estes darão continuidade à formação sob a orientação permanente de nomes ligados à dramaturgia: Lígia Soares, Patrícia Portela e Rui Pina Coelho.

Além desses, também participarão o dramaturgo e diretor John Romão, a professora universitária e pesquisadora Francesca Rayner, o dramaturgo José Maria Vieira Mendes ou a pesquisadora Cátia Faísco.

Produzido pelo Colectivo 84, com direção artística e científica de Mickaël de Oliveira, o Festival END teve a sua primeira edição em 2010, no São Luiz Teatro Municipal, em Lisboa. A Oficina, de Guimarães, é uma das entidades co-produtoras do projecto, que tem, entre outros, o Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho como instituição parceira.

By Gabriel Ana

"Passionate student. Twitter nerd. Avid bacon addict. Typical troublemaker. Thinker. Webaholic. Entrepreneur."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *