Facebook nega escutar conversas dos usuários pelo microfone do celular

Muitos se perguntam o participam de debates onde o tema é se o Facebook usa o microfone do celular para monitorar as conversas de quem está por perto, e múltiplos relatos de anúncios que surgiram após conversas em voz alta fazem com que muitos acreditem firmemente nesta teoria. Mark Zuckerberg, no entanto, afirmou categoricamente que essa não é uma prática da empresa.

O executivo participou de uma seção no congresso dos EUA onde respondeu diversas perguntas dos parlamentares durante cinco horas, Gary Peters, um dos senadores presentes, questionou diretamente se o Facebook escuta as conversas dos usuários e teve a resposta negativa.

“Sim ou não. O Facebook usa áudio obtido por meio de dispositivos móveis para enriquecer as informações pessoais que possui sobre os usuários?”, questionou Peters. “Não.”, respondeu Zuckerberg de forma firme.

Ele não se limitou a essa resposta monossilábica, no entanto, e deu mais informações sobre as situações em que o Facebook pode usar áudio para coletar dados.

“Senador, deixe-me ser bem claro: você está falando de uma teoria da conspiração que tem sido passada adiante de que escutamos o que está acontecendo no seu microfone e usamos isso para anúncios. Para ser bem claro, nós permitimos que pessoas façam vídeos em seus dispositivos e os compartilhem. Esses vídeos têm áudio, então, enquanto você está gravando o vídeo, gravamos o som e usamos para melhorar o serviço garantindo que seus vídeos têm áudio, mas eu acho que isso é bastante claro. Eu só queria ser bem completo sobre isso”.