Encontrado esquema milionário de apps; Clean Master é um deles

A principal fonte de lucro de aplicativos hoje com certeza são os anúncios, fazendo com que os mesmos possam funcionar de forma gratuita para todos, mas agora um esquema fraudulento envolvendo uma grande desenvolvedora botou em cheque esse tipo de monetização, onde milhões foram desviados de anunciantes.

Quem identificou a fraude foi a empresa de análise Kochava, o esquema foi realizado pela Cheetah Mobile e sua subsidiária, a Kika Tech; elas enganavam os anunciantes, forjando resultados de indicações de instalações de aplicativos terceiros, eles fingiam que o número de instalações dos aplicativos anunciantes era maior do que o real.

Elas utilizavam impropriamente os dados dos usuários que tinham seus aplicativos instalados, para rastrear novos aplicativos baixados e roubavam dinheiro de serviços instalados até por outras referências. A Google realiza a investigação para definir quais providências devem ser tomadas.

Não temos intenção algum de nos engajar em práticas fraudulentas e faremos tudo para que ocorra a retificação rápida e total da situação

Afirmou a subsidiária, Kika Tech.

Enquanto a Cheetah, no entanto, culpou os kits de desenvolvimento de software (SDKs) das redes de anúncios pela injeção de cliques ou dos terceiros envolvidos, mas logo foi refutada pela Kochava, que apontou que o SDK envolvido na ação fraudulenta era tanto desenvolvido quanto própriedade da Cheetah Mobile. Ela, então, negou a participação de seus SDKs em fraudes.

Abaixo você pode ver a lista de aplicativos envolvidos no esquema, estes aplicativos devem ser evitados a todo custo.

  • Clean Master
  • Security Master
  • CM Launcher 3D
  • Battery Doctor
  • Cheetah Keyboard
  • CM Locker
  • CM File Manager
  • Kika Keyboard

O Clean Master é maior aplicativo envolvido, com mais de 1 bilhão de downloads.

Através da TecMundo