Este artigo foi criado pela equipe Bitdefender para uso exclusivo do blog Arena 4G.

Mais da metade das crianças brasileiras têm acesso à tablets e smartphones, de acordo com estudo realizado pelo Grupo de Segurança da Intel no ano passado. Além disso, quase 30% destas crianças passam de 2 a 5 horas por dia utilizando dispositivos eletrônicos.

Por um lado, a inclusão digital dos pequenos tem suas vantagens, como o estímulo à leitura e a prática com tecnologia. Mas, o acesso é preocupante quando falamos de segurança e exposição das crianças.

Em simples comandos, sem intenção, os pequenos podem acabar acessando conteúdos inapropriados, enviar fotos para contatos indesejados ou até mesmo divulgar informações importantes e dados dos pais ou responsáveis.

Se antes as crianças pediam permissão aos pais para brincar na rua, atualmente o pedido costuma ser outro: brincar no celular do adulto.

Para evitar riscos, preparamos algumas dicas de como manter o celular seguro para crianças. Confira:

Converse com seus filhos

Uma boa conversa entre pais e filhos ainda é o caminho mais indicado para aconselhar e alertar sobre os perigos existentes na web. Comente sobre fatos recorrentes, mostre que é preciso estar sempre atento e mantenha-se aberto para dúvidas.

Bloqueie compras de apps

Sim, existe essa opção dentro dos dispositivos móveis. Com o comando Controle Parental, disponível nas configurações de boa parte dos smartphones, você consegue bloquear compras de aplicativos, evitando prejuízos e dor de cabeça.

Instale um antivírus no aparelho

Manter soluções de segurança é uma ótima maneira de proteger seus filhos. Um bom antivírus é essencial para blindar informações específicas que geralmente são fornecidas para instalação de apps de joguinhos ou interativos.

Dica: se você utiliza o sistema operacional do Google em seu smartphone, teste o antivírus para Android da Bitdefender, considerado o melhor produto de segurança do mercado.

Atente-se ao cyberbullying

As redes sociais permitem a criação de perfis falsos que muitas vezes são a oportunidade para que crianças e adolescentes tenham comportamento cruel com outros colegas. Fique atento ao cyberbullying e certifique-se que seu filho não esteja sofrendo ou praticando.

Explique a Importância das Senhas

Ao tentar demonstrar confiança para outros colegas, muitas crianças acabam fornecendo senhas de acesso de suas redes sociais ou até mesmo de terceiros.

Explique a importância das senhas e que elas são de uso pessoal. Mesmo para um amigo, compartilhar senhas pode gerar muitos problemas na internet.


E você, tem alguma outra dica que gostaria de compartilhar? Conte para a gente nos comentários!