A Anatel deu o passo final para o cumprimento do projeto Celular Legal no Brasil, bloqueando celulares “piratas”, sem certificação, em todo o território nacional.

O projeto começou em julho do ano passado realizando bloqueio de celulares irregulares em cerca de 11 estados e no Distrito Federal já no mês de dezembro, o objetivo é que todo a extensão territorial seja atingida, chegando aos 15 estados restantes, localizados nas regiões Norte, Nordeste e Sudeste.

Os aparelhos considerados piratas pela Anatel são aqueles não certificados pela agência reguladora ou que tenham o IMEI adulterado, clonado ou que tenha passado por outras formas de fraude.

Segundo a Anatel já foram bloqueados 244.217 aparelhos em todo o país. Ainda de acordo com a agência, o projeto visa uma maior segurança para o usuário e busca reduzir o número de roubos e furtos de aparelhos, uma vez que a falsificação e clonagem de IMEIs tende a diminuir.