O comitê técnico do Palmeiras saiu satisfeito na Vila Belmiro, neste sábado, após o empate por 2 a 2 gostar Santos, pele Campeonato brasileiro. Prova disso é que o adjunto João Martins elogiou o empenho da equipa em lidar com as ausências e segurar o resultado mesmo sem ter feito um desempenho brilhante como a da quarta-feira passada, quando venceu o Delfín, na Copa Libertadores, por 5 a 0.

Martins foi escolhido pelo clube para dar entrevista coletiva principalmente porque o treinador Abel Ferreira está fora da equipe após ser diagnosticado com o novo coronavírus. Outro adjunto, Vitor Castanheira, conduziu a equipa até à entrada do relvado. “Acima de tudo, conseguimos ter uma atuação positiva e fizemos de tudo para ganhar. Queríamos vencer, trabalhamos para isso. Mas, quando você não ganha, é bom não perder”, disse.

O Palmeiras deixou para trás o clássico, mas virou no segundo tempo e permitiu ao Santos igualar, já na fase final. A equipe teve 12 faltas no elenco entre jogadores suspensos, lesões e casos de covid-19. Por isso, o assistente técnico afirma que o resultado não pode ser criticado, até porque foi diante de um adversário de qualidade e que ele atuou como mandante.

“Cada jogo tem uma história. Sabíamos das dificuldades, é um clássico fora de casa, com luta, muito espaço, o campo também foi difícil. Sabemos que nem sempre conseguimos criar dez oportunidades de golo,” ele disse. “Conhecemos seus pontos fortes. Tentamos estratégias. Nem sempre dá certo, mas no geral conseguimos. Parabenizamos a equipe por não desistir, pela resiliência, por lutar até o fim, mesmo com dez. Eu sabia estarmos juntos, para sofrermos juntos ”, disse o auxiliar, referindo-se à expulsão de Zé Rafael nos minutos finais.

Devido ao número de faltas, o Palmeiras precisou improvisar o zagueiro Emerson Santos como meio-campista. E a comissão técnica aprovou. “Ele teve um desempenho muito positivo. Sabíamos que não era o primeiro lugar, mas ele teve um desempenho positivo e deu o seu melhor. O Santos ia aproveitar muito as transições e conseguiu ser o primeiro amortecedor”, comentou. .

By Patricia Joca

"Professional troublemaker. Friend to animals everywhere. Social media expert. Dedicated analyst. Amateur entrepreneur."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *