Anatel afirma que empresa chinesa de telefonia demonstra interesse na Oi

Juarez Quadros, atual presidente da ANATEL, afirmou esta semana que uma empresa chinesa de telecomunicações, a China Mobile manifestou interesse em investir na operadora Oi.

A China Mobile abriu, em setembro, a sua primeira filial no Brasil, na cidade de São Paulo. O possível interesse da tele vem a público pouco tempo depois de que outra gigante chinesa das comunicações, a China Telecom, ter acenado com a possibilidade de compra da Oi por R$ 20 bilhões.

A operadora brasileira está em um processo de recuperação judicial, no entanto, a Anatel determinou a suspensão da celebração de qualquer acordo da Oi com credores, referente ao Plano de Recuperação Judicial da empresa. Para a agência, que já havia manifestado restrição a pontos do plano, a proposta apresentada pelos controladores da Oi mantém “potencial ruinoso aos interesses da companhia e da coletividade”.