Ambos os lados do Estreito de Taiwan pertencem à China

XANGAI (Reuters) – O ministro das Relações Exteriores da China, Qin Gang, disse nesta sexta-feira que ambos os lados do Estreito de Taiwan pertencem à China e que é certo e apropriado que a China defenda sua soberania.

Qin fez as declarações no Fórum Lanting em Xangai, onde discutiu uma ampla gama de questões relacionadas à dívida, à economia global e a Taiwan.

“Recentemente, houve uma retórica absurda acusando a China de derrubar o status quo e perturbar a paz e a estabilidade no Estreito de Taiwan”, disse Qin. “A lógica é absurda e a conclusão perigosa.”

Ele acrescentou que “pessoas justas podem ver quem se envolve em bullying hegemônico e práticas de alto astral”.

“Não é a China continental, mas as forças separatistas da independência de Taiwan e um punhado de países tentando interromper o status quo”, disse Qin. “Aqueles que brincam com fogo em Taiwan vão acabar se queimando.”

A China recentemente realizou exercícios militares em torno da ilha autônoma depois que a presidente de Taiwan, Tsai Ing-wen, voltou a Taipei após se encontrar em Los Angeles com o presidente da Câmara dos EUA, Kevin McCarthy.

Pequim considera Taiwan governada democraticamente como seu próprio território, uma afirmação que o governo de Taipei nega firmemente, e denuncia rotineiramente reuniões de alto nível entre líderes e autoridades taiwanesas e estrangeiras.

(Reportagem de Casey Hall; Roteiro de Bernard Orr; Edição de Muralikumar Anantharaman e Gerry Doyle)

By Carlos Eduardo

"Fã de música. Geek de cerveja. Amante da web. Cai muito. Nerd de café. Viciado em viagens."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *