Alerta de Asteroide!  NASA TODAY adverte sobre rocha espacial avançando em direção à Terra

Os astrônomos descobriram três asteróides próximos da Terra (NEA) escondidos no brilho do sol. Entre esses asteroides está um dos maiores objetos potencialmente perigosos descobertos nos últimos oito anos. Esta é uma região notoriamente desafiadora para observação, pois os caçadores de asteróides lutam contra a forte luz do sol. Os asteróides geralmente se aproximam da Terra, mas geralmente não representam um perigo ao passar pelo planeta a uma distância segura.

A NASA também alertou que um asteróide está a caminho da Terra e será sua maior aproximação do planeta hoje!

Informações sobre o asteróide 2023 GU2

O Escritório de Coordenação de Defesa Planetária da NASA alertou que o asteroide, chamado Asteroid 2023 GU2, fará sua maior aproximação da Terra hoje, 24 de abril, a uma distância de 7,4 milhões de quilômetros. A NASA estimou que este asteróide tenha entre 78 pés e 177 pés de largura, o que é quase do tamanho de um avião!

Leia também: Procurando um smartphone? Para verificar o localizador móvel

O asteróide já está se aproximando da Terra a uma velocidade impressionante de 27.849 quilômetros por hora. De acordo com a NASA, ele pertence ao grupo Amor de asteróides que se aproximam da Terra, asteróides próximos da Terra com órbitas fora da Terra, mas dentro de Marte, nomeados após o asteróide 1221 Amor.

Proteção contra asteróides

Para neutralizar esses asteróides, que se dirigem para um possível impacto na Terra, a NASA já realizou os testes de sua missão DART para proteger o planeta. A agência espacial colidiu com uma espaçonave em um asteróide que se aproximava, desviando-o com sucesso de sua órbita.

Agora, a ESA também está se preparando para criar um sistema de alerta precoce para asteróides perigosos. Apelidada de NEOMIR (Near-Earth Object Mission in the InfraRed), a espaçonave orbitaria no ponto L1 Lagrange entre a Terra e o Sol, encontrando rochas espaciais perdidas no brilho do Sol, de acordo com a ESA.

A missão NEOMIR servirá como um sistema de alerta precoce para asteróides de 20 metros ou mais que não são visíveis do solo.

By Gabriel Ana

"Passionate student. Twitter nerd. Avid bacon addict. Typical troublemaker. Thinker. Webaholic. Entrepreneur."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *