Na zona de desclassificação do campeonato brasileiro e eliminado da Copa Sul-Americana no meio da semana, o Vasco, o técnico Ricardo Sá Pinto, voltou a ser derrotado no domingo, por 4×0. Ciente da pressão pelo mau momento, o treinador português respondeu às críticas com optimismo nos dias melhores.

“Acredito que vamos sair dessa situação, não tenho dúvidas. Acredito que teremos um bom resultado contra o Fluminense (no dia seguinte, domingo, em São Januário). Acredito muito no nosso time e na capacidade dos nossos jogadores. Fiquei triste porque tínhamos a expectativa de conseguir um bom resultado aqui. Acredito na equipe. No dia em que não acreditar, serei o primeiro a comunicar à gestão que não consigo continuar ”, disse Sá Pinto.

Em relação à derrota para o Grémio, o treinador destacou a qualidade do adversário, que venceu com gols de Diego Souza, que marcou duas vezes no jogo.

“O Grémio tem o domínio da bola, tem uma boa ideia do jogo, é um futebol curto e apoiado. Desgasta o rival. Devíamos ter sido competentes defensivamente, mas também na frente. Não conseguimos. aceitar que a qualidade deles é boa, mas temos que saber que precisamos ser mais competentes ”, analisou.

Em 12 jogos pela Seleção Brasileira, Sá Pinto soma duas vitórias, cinco empates e cinco derrotas. Nos últimos dois jogos pelo Brasileirão, a equipe sofreu oito gols. O Vasco ocupa a 17ª colocação, na zona de desclassificação, com 24 pontos – um a menos que o Sport Recife, que vem logo acima. Apesar do contexto negativo, Sá Pinto mostrou-se confiante.

“Nesse ponto, a prioridade é sair dessa área. É a prioridade. Temos que levar isso a sério. A prioridade é sair dessa área. É a meta. Então, veremos o que conseguimos. pode criar outro gol “, concluiu o treinador. Português.

By Patricia Joca

"Professional troublemaker. Friend to animals everywhere. Social media expert. Dedicated analyst. Amateur entrepreneur."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *